Rio+20 para onde vai?

Posted on 13 June 2012 by admin

FabĂ­ola Ortiz

Rio de Janeiro, 13/6/2012 (TerraViva) ApĂłs 20 anos da Rio92, a ConferĂȘncia das NaçÔes Unidas para o Desenvolvimento SustentĂĄvel, a Rio+20, começou nesta quarta-feira, dia 13 de Junho, no Rio de Janeiro com o desafio de discutir as liçÔes aprendidas hĂĄ duas dĂ©cadas e as tarefas que vĂŁo orientar as negociaçÔes para se chegar a uma declaração em prol do desenvolvimento sustentĂĄvel, com aplicaçÔes concretas.

Segundo disse a TerraViva, o coordenador da Iniciativa AmazĂŽnia Viva da Rede WWF, Claudio Maretti, em uma das primeiras atividades da ConferĂȘncia, a grande expectativa Ă© que a Rio+20 saia com os objetivos do desenvolvimento sustentĂĄvel. “A  grande esperança Ă© que a gente tenha, pelo menos, os objetivos da segurança alimentar baseada numa agricultura sustentĂĄvel, segurança hĂ­drica e energĂ©tica”, afirmou.

Imagem do relatório “Rio 92, para onde foi? Rio+20 para onde vai?”. Cortesia WWF

A governança dos oceanos, o melhor planejamento e gestĂŁo das cidades para menor consumo tambĂ©m sĂŁo pontos que devem ser incluĂ­dos na lista de metas. “É fundamental diminuir a exploração de recursos naturais. Segurança alimentar Ă©, por exemplo, garantir a produção de alimentos sem devastar o meio ambiente e manter o equilĂ­brio climĂĄtico”, explicou Maretti.

A maior parte da população mundial de 7 bilhĂ”es de pessoas estĂĄ concentrada nos centros urbanos. Os hĂĄbitos de consumo demandam um planeta e meio, se o consumismo continuar neste ritmo, em 2020, serĂŁo necessĂĄrios dois planetas para dar conta da população de apenas um. “A gente estĂĄ entrando numa dĂ­vida, isso nĂŁo Ă© sustentĂĄvel”, admitiu Maretti.

Como uma das primeiras atividades da ConferĂȘncia, a Rede WWF lançou a publicação trilĂ­ngue – inglĂȘs, portuguĂȘs e espanhol – do documento “Rio 92, para onde foi? Rio+20 para onde vai?”.

A ConferĂȘncia de 92, para o cientista polĂ­tico Eduardo Viola, foi um momento de grande expectativa e uma cĂșpula marcante na humanidade, pois se tratava pela primeira vez de discutir os problemas globais. “Criou-se uma consciĂȘncia dos problemas ambientais e definiram-se parĂąmetros normativos sobre como a humanidade poderia reagir. Os problemas da humanidade estĂŁo muito mais agravados e esta atual ConferĂȘncia nĂŁo tem como avançar alĂ©m de declaraçÔes genĂ©ricas de boas intençÔes”, discutiu Viola.

Segundo o intelectual, “muito provavelmente” em termos intergovernamentais, a Rio+20 serĂĄ um fracasso. Uma vez que as superpotĂȘncias ambientais e econĂŽmicas nĂŁo demonstram empenho. A UniĂŁo Europeia estĂĄ imersa em sua crise econĂŽmica que ameaça a sua prĂłpria existĂȘncia, enquanto um terço da população norte-americana Ă© “radicalmente contra” mudança dos padrĂ”es e a China continua com emissĂ”es explosivas. Em 1992, o dragĂŁo oriental emitia 8% das emissĂ”es globais da carbono, atualmente a China representa 26% da fatia de emissĂ”es planetĂĄrias.

JĂĄ o embaixador Flavio Perri que, em 1992, foi secretĂĄrio executivo do grupo de trabalho brasileiro, que organizou a conferĂȘncia, defende um novo indicador para registrar o custo ambiental, uma espĂ©cie de PIB ambiental. “Um Ă­ndice novo que nos dĂȘ transparĂȘncia no processo produtivo, que envolvesse o PIB (Produto Interno Bruto), o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e um Ă­ndice de desgaste ambiental”, afirmou. (FIN/2012)

Download PDF File

Download TERRAVIVA PDF File
Download TERRAVIVA PDF File   Download TERRAVIVA PDF File

 
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT

 
Expo Milano
 

Photos from our Flickr stream

See all photos

RECENT VIDEOS

Terraviva talks to Giuseppe Sala, CEO of EXPO Milano 2015 Expo Milano 2015 is in Rio to kick off its global dialogue on food and energy. During a side on June 21, CEO Giuseppe Sala gives an overview of the Expo 2015 that will run from May to October in Milan, Italy.more >>.

Upcoming Events


 

RSS News from our partners

  • Are you ready to Connect4Climate?
    World Bank's social media campaign engaged African youth caring about climate change.
  • Natural capital accounting
    Thomson Reuters Foundation and the World Bank have jointly produced a video explaining the concept of “natural capital accounting” in the run-up to the Rio+20 summit on sustainable development. The seven-minute video news release (VNR) was created as part of a World Bank campaign for countries to carry through on promises to include the full [...]
  • IUCN World Conservation Congress
    IUCN, the International Union for Conservation of Nature, is a long standing member of COM+. It helps the world find pragmatic solutions to our most pressing environment and development challenges by supporting scientific research; managing field projects all over the world; and bringing governments, NGOs, the UN, international conventions and companies together to develop policy, [...]
  • IFC, Union for Ethical BioTrade Encourage Businesses to Protect Biodiversity in Latin America
    Rio de Janeiro, Brazil, June 17, 2012—IFC, a member of the World Bank Group, and the Union for Ethical BioTrade today announced an agreement at the Rio+20 Conference to increase private sector awareness of biodiversity and strengthen market frameworks for protecting it in Latin America. In addition to aiding environmental conservation, the partnership will help [...]
  • Rio de Janeiro e Banco Mundial lançam inĂ©dito Programa de Desenvolvimento de Baixo Carbono da Cidade
    RIO DE JANEIRO, 18 de junho de 2012 – A Cidade do Rio de Janeiro e o Banco Mundial lançaram hoje, durante a CĂșpula dos Prefeitos – evento paralelo Ă  ConferĂȘncia das NaçÔes Unidas sobre Desenvolvimento SustentĂĄvel-Rio+20 –, um programa pioneiro na esfera municipal para colocar em prĂĄtica açÔes para o desenvolvimento de baixo carbono [...]

Sponsors and Partners of TerraViva Rio + 20


 
   
 
 
   
 
 

TerraViva is an independent publication of IPS Inter Press Service news agency. The opinions expressed in TerraViva do not necessarily reflect the editorial views of IPS or the official position of any of its sponsors or partners.
 

SOCIAL MEDIA