África
  Mundo
  Economía
  Direitos Humanos
  Saúde
  Ambiente
  Globalização
  Arte e Cultura
  Energia
  Politica
  Desenvolvimento
  Colunistas
 
  RSS o que é isso?
   ENGLISH
   ESPAÑOL
   FRANÇAIS
   SVENSKA
   ITALIANO
   DEUTSCH
   SWAHILI
   MAGYAR
   NEDERLANDS
   ARABIC
   POLSKI
   ČESKY
   SUOMI
   PORTUGUÊS
   JAPANESE
   TÜRKÇE
PrintSend to a friend
 

"A mulher é fundamental para se alcançar o desenvolvimento sustentável"
Fabíola Ortiz

Rio de Janeiro, Brasil, 9/5/2012 , (IPS) - O papel das mulheres como fator indispensável para criar uma economia verde será destacado na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que acontecerá no mês que vem, no Brasil.


Crédito: Divulgação ONU Mulheres
Rebecca Tavares: “A liderança das mulheres deve ajudar na transição para uma economia verde”.
No contexto deste encontro, o Fórum de Mulheres Líderes fará um "chamado para a ação" para receber novas ideias, boas práticas e propostas para o futuro, em um contexto onde elas são parte importante na busca da sustentabilidade e da erradicação da pobreza.

O fator feminino é essencial na gestão ambiental, na produção de alimentos e na reprodução social, ao mesmo tempo em que contribui para a transição para uma economia verde, declarou à IPS a diretora regional da ONU Mulheres para o Brasil e o Cone Sul, Rebecca Tavares. Isto se vê especialmente no campo, onde são protagonistas no processo de adaptação e mitigação da atividade agropecuária à mudança climática. Entretanto, continuam sendo negados seus direitos e sua contribuição para o desenvolvimento, enfatizou Rebecca.

IPS: Em que consistirá o Fórum de Mulheres Líderes que acontecerá na Rio+20?

Rebecca Tavares: O Fórum reunirá mulheres, governos, organizações da sociedade civil, intelectuais e empresários e empresárias para discutir e reafirmar a centralidade do tema da igualdade de gênero, o empoderamento feminino e suas interações com as três dimensões do desenvolvimento sustentável. Haverá um chamado para a ação apoiado pela ONU Mulheres e pelas chefes de Estado para incorporar novas ideias, boas práticas, propostas inovadoras e visões para o futuro.

IPS: Como as mulheres poderão fazer a diferença na Rio+20?

RT: O desenvolvimento sustentável implica uma composição global de normas, políticas e padrões de igualdade de gênero, ao mesmo tempo em que responde a novos problemas, desafios e novas oportunidades. É preciso incluir nos planos de ação mecanismos de implementação para uma economia verde e reconhecer o papel de liderança das mulheres, sua voz e representação como um fator fundamental para garantir um desenvolvimento sustentável.

IPS: Como avalia o papel das mulheres na temática da mudança climática?

RT: Um quarto da população feminina mundial vive no campo. São líderes, tomadoras de decisão, trabalhadoras, empresárias e fornecedoras de serviços. Por isto, sua contribuição é vital para o bem-estar das famílias e das comunidades, bem como para a economia local e a dos países. A igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres são cruciais para alcançar os três pilares do desenvolvimento sustentável, que são o econômico, o social e a proteção ambiental. Quando têm seus direitos assegurados, bem como o acesso a recursos, são poderosas agentes para avançar nessa direção. As mulheres têm um papel prioritário na gestão ambiental, na produção de alimentos e na reprodução social. Muitas, além disso, possuem um conhecimento tradicional que contribui para o uso consciente dos recursos humanos, como solo, água e energia. Assim, é vital desenvolver programas para capacitá-las em técnicas de desenvolvimento sustentável que aperfeiçoem esse saber.

IPS: Como as mulheres podem contribuir para erradicar a pobreza e a fome?

RT: A liderança das mulheres deve ajudar na transição para o crescimento de uma economia verde. Contudo, os direitos das camponesas, suas contribuições e suas prioridades ainda são negados. Podem ser agentes de mudança por meio do acesso ao mercado de trabalho e tendo oportunidades educativas.

IPS: Quais ações esta agência especializada da ONU realiza no Brasil?

RT: Temos programas de auxílio e empoderamento de indígenas, quilombolas (habitantes dos antigos quilombos de escravos negros) e das trabalhadoras do setor extrativista. Há um programa desenvolvido pelo governo brasileiro em sociedade com a ONU Mulheres para promover a cooperação técnica Sul-Sul com países da África, América Latina e Caribe, com apoio da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. Este plano tem como objetivo consolidar boas práticas e experiência do Brasil em promover a igualdade de gênero e difundir essas ações nos planos social e econômico.

IPS: Que tipo de iniciativas são realizadas para conseguir o empoderamento das brasileiras?

RT: A ONU Mulheres apoia, desde 2008, ações destinadas a camponesas. Uma delas é o Programa Chapéu de Palha, desenvolvido no interior de Pernambuco em conjunto com a Secretaria de Políticas para as Mulheres do lugar, cujo objetivo é melhorar a nutrição e, em geral, a qualidade de vida das comunidades, além de atividades educativas e de reflorestamento. Mais de 38 mil pernambucanas foram beneficiadas desde a implantação deste plano, há quase quatro anos, para o qual a ONU Mulheres destinou US$ 50 mil entre 2011 e 2012. E, em 2010, foi criado o primeiro Plano Brasileiro de Políticas para as Mulheres Rurais. Envolverde/IPS

(FIN/2012)

 
Terramérica - Meio Ambiente e Desenvolvimento
  Mais noticias
News in RSS
 Sri Lanka recorre e métodos ancestrais contra a mudança climática
 Salva-vidas afunda ainda mais a Grécia
 Ampliação de estrada atenta contra patrimônio cultural indiano
 A ignorada faceta produtiva da cannabis
 DESTAQUES: Código de barras até em colmeias
 REPORTAGEM: Estrada no Parque Nacional do Iguaçu pode acabar em impasse
 "Quando a corda da desigualdade se rompe, você tem uma crise política"
 Direitos femininos serão eixo de reunião do UNFPA em Montevidéu
 Preocupa que tensão entre Rússia e Estados Unidos afete negociação nuclear
 Trabalhadores espanhóis vítimas de disputa entre Madri e Gibraltar
MAIS>>
  Latest News
News in RSS
 U.S. Airdrops to Kobani Kurds Mark New Stage in ISIL Conflict
 History of Key Document in IAEA Probe Suggests Israeli Forgery
 Pressure Building on Obama to Impose Ebola Travel Ban
 Despite Public’s War Weariness, U.S. Defence Budget May Rise
 Ahead of Myanmar Trip, Obama Urged to Demand Extractives Transparency
MORE >>
  Ultimas Noticias
News in RSS
 Ã‰bola provoca crisis alimentaria en África occidental
 EEUU modificará obsoletos controles de productos químicos
 Belice se esfuerza por preservar su arrecife de coral
 2015 será un año decisivo para el desarme nuclear
 EEUU ayuda a combatientes kurdos en Siria y Turquía da un giro
MÁS >>