África
  Mundo
  Economía
  Direitos Humanos
  Saúde
  Ambiente
  Globalização
  Arte e Cultura
  Energia
  Politica
  Desenvolvimento
  Colunistas
 
  RSS o que é isso?
   ENGLISH
   ESPAÑOL
   FRANÇAIS
   SVENSKA
   ITALIANO
   DEUTSCH
   SWAHILI
   MAGYAR
   NEDERLANDS
   ARABIC
   POLSKI
   ČESKY
   SUOMI
   PORTUGUÊS
   JAPANESE
   TÜRKÇE
PrintSend to a friend
 

Iluminação solar pública no Caribe
Desmond Brown

Basseterre, São Cristóvão e N, 7/2/2013, (IPS) - A pequena federação de São Cristóvão e Neves e seu grande vizinho do norte, a Jamaica, encabeçam no Caribe a busca por novas formas de melhorar a eficiência energética com iluminação solar pública, uma alternativa verde e não tradicional.


Crédito: Desmond Brown/IPS
Moradores de São Cristóvão e Neves aplaudem a iluminação solar em lugares que antes eram muito escuros e propensos à ocorrência de crimes.
Este projeto é uma iniciativa entre o governo de Denzil Dougas, de São Cristóvão e Neves, e o de Taiwan. Os dois territórios mantêm relações diplomáticas há 28 anos. E este país é um dos poucos da Comunidade do Caribe (Caricom) que tem relações com Taiwan, enquanto a maioria possui vínculos com a China.

"No ano passado, conseguimos colocar painéis solares no telhado de organismos governamentais, bem como iluminação inteligente com LED na Avenida Kim Collins e na Rua Frigate Bay", disse à IPS o embaixador de Taiwan em Basseterre, Miguel Tsao. "Estes empreendimentos são significativos e importantes. Os projetos começaram com nosso esforço conjunto para ter acesso à ilimitada fonte de energia limpa", acrescentou.

Em lugar de depender das fontes fósseis, Tsao espera que a população faça sua parte para aproveitar esta alternativa renovável e dessa forma ajudar a tornar realidade a perspectiva de um país insular verde, no norte antilhano. Também afirmou que há outras iniciativas importantes previstas, como a criação da primeira fazenda solar e o início da segunda fase de uma Fazenda de Demonstração Agroturística, no começo deste ano.

A luz solar foi instalada pela companhia Speed Tech Energy, de Taiwan. "É um projeto único, chamado Cobra. O poste é de aço maciço e pode resistir a ventos de até 250 quilômetros por hora", explicou à IPS o gerente-geral da companhia, Lucas Chiu. Os painéis solares convertem a luz do Sol em eletricidade durante o dia, e também a armazenam em baterias. Chiu detalhou que, nos dias nublados ou chuvosos, as baterias são carregadas entre 15% e 30% de sua capacidade. As luzes podem funcionar (acesas por 13 horas cada uma), mesmo em períodos de vários dias seguidos de chuva.

Orville Liddie, morador local de 29 anos, disse à IPS que durante anos não houve iluminação em certas áreas, e afirmou que a luz solar não poderia ter sido instalada em melhor hora. "É um benefício para as comunidades onde elas foram colocadas porque antes havia locais extremamente escuros", afirmou. "Sou motorista e sempre me preocupou a possibilidade de alguém fechar a rua bloqueando a passagem, ou que houvesse acidentes muito graves. Especialmente me preocupavam os motoristas de ônibus, porque podiam ser levados por criminosos armados com revólver ou faca, para lugares escuros", argumentou Liddie.

Neves, a menor das ilhas desta federação, também prova aos seus vizinhos da Organização de Estados do Caribe Oriental (Oeco) que é líder em matéria de energia limpa e eficiente, bem como na redução de custos, apesar de sua pequena população e superfície. Em 2010, esta pequena ilha de 13 quilômetros de comprimento e com apenas 12 mil habitantes lançou a primeira fazenda eólica construída dentro da Oeco, com a promessa de oferecer emprego à população, de ser uma fonte confiável de energia eólica, de fornecer eletricidade mais barata e de reduzir a sobrecarga e o uso do petróleo importado.

A ilha foi elogiada por funcionários da Iniciativa de Mudança Climática Bill Clinton, por seus esforços para uma "Neves Verde". Uma delegação da Iniciativa Clinton, liderada pelo conselheiro Jan Hartke e o embaixador Paoli Zampolli, visitou a ilha e se reuniu com autoridades para conversar sobre o trabalho já realizado para passar da energia fóssil para fontes alternativas.

"Estamos encantados em ver como o governo encabeça e mobiliza esforços para levar a energia geotérmica a Neves, e ajudaremos assessorando para que as fontes alternativas sejam uma realidade na ilha", afirmou Hartke. Ele também informou que a Iniciativa Clinton pretende baixar a enorme tarifa de eletricidade nas ilhas pequenas, mediante recursos alternativos com ajuda das energias eólica e solar, entre outras.

A Jamaica implanta sua iniciativa de poupança de energia mediante a iluminação solar pública, junto com a empresa de soluções de engenharia e tecnologia Green Energy RG LLC, com sede nos Estados Unidos. Um comunicado do governo desse país diz que o objetivo é reduzir significativamente o custo que representa no orçamento jamaicano a manutenção dos 93 mil pontos de iluminação pública no país, que chega a 2 bilhões de dólares jamaicanos (mais de US$ 2 bilhões) ao ano.

O primeiro grupo de led solar foi instalado em 8 de janeiro, em Osbourne Store, uma comunidade do distrito de Clarendon. "Esperamos poder instalar esta iluminação em todo Clarendon, bem como em outras partes da Jamaica. Acreditamos também poder completar o programa até meados do ano e, depois, poderemos avaliar os resultados e determinar o que vamos fazer", declarou o ministro de Desenvolvimento Comunitário e de Governo Local, Noel Arscott.

Arscott acrescentou que na fase-piloto serão instalados cinco mil painéis de led em Clarendon, bem como em partes de Saint Catherine, Kingston e Saint Andrew. Além disso, informou que os escritórios do Ministério em Hagley Park Road, na capital, serão modernizados com soluções de economia de energia. Envolverde/IPS (FIN/2013)

 
Terramérica - Meio Ambiente e Desenvolvimento
  Mais noticias
News in RSS
 Sri Lanka recorre e métodos ancestrais contra a mudança climática
 Salva-vidas afunda ainda mais a Grécia
 Ampliação de estrada atenta contra patrimônio cultural indiano
 A ignorada faceta produtiva da cannabis
 DESTAQUES: Código de barras até em colmeias
 REPORTAGEM: Estrada no Parque Nacional do Iguaçu pode acabar em impasse
 "Quando a corda da desigualdade se rompe, você tem uma crise política"
 Direitos femininos serão eixo de reunião do UNFPA em Montevidéu
 Preocupa que tensão entre Rússia e Estados Unidos afete negociação nuclear
 Trabalhadores espanhóis vítimas de disputa entre Madri e Gibraltar
MAIS>>
  Latest News
News in RSS
 U.S. Airdrops to Kobani Kurds Mark New Stage in ISIL Conflict
 History of Key Document in IAEA Probe Suggests Israeli Forgery
 Pressure Building on Obama to Impose Ebola Travel Ban
 Despite Public’s War Weariness, U.S. Defence Budget May Rise
 Ahead of Myanmar Trip, Obama Urged to Demand Extractives Transparency
MORE >>
  Ultimas Noticias
News in RSS
 Ã‰bola provoca crisis alimentaria en África occidental
 EEUU modificará obsoletos controles de productos químicos
 Belice se esfuerza por preservar su arrecife de coral
 2015 será un año decisivo para el desarme nuclear
 EEUU ayuda a combatientes kurdos en Siria y Turquía da un giro
MÁS >>